Concórdia – A Polícia Militar Ambiental de Concórdia esteve na manhã de ontem verificando a situação do cachorro que foi encontrado decapitado em um córrego que é afluente do Rio dos Queimados. A informação foi divulgada pelo jornalismo da Atual FM, que foi procurado por funcionários de uma oficina mecânica localizada na área central da cidade e que localizaram o animal.

Um trabalho investigativo está em andamento com moradores próximos no sentido de identificar a autoria do crime. Ainda ontem, a Vigilância Sanitária esteve no local para recolher o animal e dar destino aos restos mortais. A lei para maus-tratos a animais prevê detenção de três meses a um ano, além de multa, para quem “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar” qualquer tipo de animal. Se houver a morte do bichinho, a pena aumenta até um terço.