Concórdia – Duas pessoas que foram denunciadas pelo crime de furto em Concórdia foram condenados nas últimas horas pela Justiça. Segundo a sentença, a juíza Thays Backes Arruda acolheu as provas produzidas pelo MP e condenou os acusados, sendo um deles a mais de 2 anos de prisão, em regime inicial semiaberto. Na denúncia do promotor Fabrício Weiblen Pinto em 31 de outubro de 2017, dois homens realizaram furtos em três lojas do centro de Concórdia.

Após ser acionada, a Polícia Militar saiu em busca dos criminosos, localizando-os ainda na área central, de posse de parte dos bens subtraídos. Os fatos foram comprovados pelas filmagens de câmeras de vigilância, depoimentos de testemunhas, reconhecimento das vítimas e pela prisão dos acusados de posse de parte dos bens subtraídos, além da própria confissão dos réus em relação a alguns fatos.

Os dois acusados encontram-se presos no Presídio Regional de Concórdia, sendo um por crime de latrocínio tentado e outro pelo crime de roubo consumado, processo em que o MPSC já pediu a condenação do acusado e encontra-se em fase final para julgamento.