Concórdia – O concordiense que foi detido pela Polícia Rodoviária Federal de Passo Fundo com mais de 34 quilos de maconha permanece recolhido na unidade prisional do município gaúcho. O advogado de defesa, Jean Maicon Kruse, está aguardando desdobramentos para ingressar com pedido de liberdade provisória.

Cleiton Christmann Maciel estava em liberdade após pagar uma fiança há alguns meses por crime de receptação. Além desse caso, ele também responde por crime de homicídio tentado em Itá, onde há poucos dias o Tribunal de Justiça determinou que ele seja submetido a novo julgamento popular pelo caso. No que se refere ao tráfico de drogas, Maciel vai responder, segundo o advogado de defesa, na Justiça Federal de Passo Fundo.