Concórdia – O furto de uma junta de bois no interior de Concórdia deverá dar início a uma investigação por parte da Polícia Civil. Ao menos é o que esperam os proprietários que registraram o caso na Central de Polícia. O caso aconteceu nas últimas horas entre as comunidades de Pinhal e Santa Lúcia. Os trabalhadores são de Irani e utilizam os bovinos para arrastar toras de pinus que estão sendo cortados em uma área de reflorestamento. 

Conforme as informações, sem os bois não é possível fazer o trabalho de corte das árvores. Eles esperam que as pessoas que praticaram o furto se sensibilizem e devolvam os animais. Ainda conforme o que foi informado, já há suspeito de quem praticou o furto dos bois. Eles esperam que o autor do furto devolva os bovinos para que eles consigam dar sequência ao trabalho de retirada de toras. Os bois são de grande porte.