Concórdia – O menino Joaquim Lorenzo da Silva, diagnosticado com malformação craniofacial, foi nas últimas horas a primeira consulta especializada visando iniciar um tratamento e uma série de cirurgias visando a reconstrução da face e correção da cabeça. A informação foi confirmada pela mãe do menino, Sebastiana de Matos Santos.

O caso do Joaquim Lorenzo ficou conhecido em todo o Brasil depois de uma reportagem publicada pela ATUAL FM. Há alguns meses a família iniciou uma campanha para arrecadar recursos para iniciar um tratamento com alto custo. Com ajuda da população da região foi possível arrecadar mais de R$ 100 mil para iniciar os tratamentos.

Sebastiana disse que esteve em Curitiba/PR realizando consultas com vários profissionais da saúde. O menino esteve consultando com geneticista para identificar a causa da malformação, com uma nutricionista que o desenvolvimento está dentro do normal, principalmente com relação ao peso e medida.

Ainda em Curitiba, Joaquim Lorenzo passou por uma consulta com um médico especialista em cirurgias crânio/maxilo/facial. Segundos os familiares, o médico disse que a região da face do menino é delicada e complicada, já que teria líquido na parte exposta. Uma junta médica irá analisar o caso e sugerir a melhor indicação nesse momento.

Sebastiana confirma que serão necessárias várias cirurgias. A expectativa dos familiares é de que a partir de um encaminhamento da junta médica também será possível ter uma noção mais clara dos custos de um procedimento desse porte. A preocupação da família é com as questões relacionadas a infecções, gripe e bactérias. 

“Vamos continuar com os cuidados para evitar qualquer tipo de infecção, gripe, bactéria, em fim tudo para o bem do nosso guerreiro Joaquim Lorenzo. Todo cuidado é pouco. Obrigado a todos pelo carinho e compreensão”, disse a mãe.