Concórdia – Os dois homens que foram condenados por crime de roubo majorado e estupro no Bairro dos Industriários estão tentando reverter a condenação em recurso protocolado no Tribunal de Justiça de Santa Catarina. Conforme a sentença, Jean Carlo Delfino dos Santos Maia terá que cumprir 21 anos, 3 meses e 10 dias de cadeia no regime inicial fechado.

Ele foi acusado, além do roubo, pelo crime de estupro. O outro réu, Joel Ubiratan Zanella, terá que cumprir 8 anos, 4 meses e 24 dias de reclusão. Neste caso, o réu responde apenas pelo crime de roubo, já que não teria participado do estupro. Os dois seguem recolhidos no Presídio Regional de Concórdia à disposição do Poder Judiciário.