Max Souza (26), só tem um foco até a próxima sexta (29): ser o primeiro negro a vencer o concurso Mister Brasil. O baiano vai representar a cidade de Lins, no interior de São Paulo. Achou estranho? Há uma razão para isso. Max é casado com o prefeito do município, Edgar Souza.

“Eu sempre quis participar do concurso, mas esperei o momento de estar mais preparado. E esse momento chegou! Que eu me lembre, nunca teve um vencedor negro, quero ser o primeiro”, diz o modelo.


Max e o marido estão juntos há sete meses e segundo o modelo e estudante de Educação Física, o relacionamento nunca foi alvo de preconceito.

“Nós temos uma relação muito boa, de muito amor e verdade. Juntos nunca sofremos nenhum tipo de preconceito de forma que a gente tenha percebido. Eu já sofri, principalmente na adolescência, mas sempre tirei de letra.Hoje ainda sofro, até porque, além de gay, sou negro, faço parte de duas minorias, vivemos um passo de cada vez. Acredito que um dia não seremos julgado pela cor nem pela sexualidade”.

A respeito de todo preconceito que ainda enfrenta no dia a dia, ao lado de Edgar, o modelo de 1,82m e corpo saradíssimo, pensa em formar uma família:

“Conversamos muito sobre. Nós amamos crianças. Hoje temos várias opções de termos um filho. Seja com barriga de aluguel, adotando. Logo logo aumentamos a família”.