Roma, da Itália, abriu conversas e pode fazer uma proposta por Pepê, do Grêmio. Conforme apurou o GloboEsporte.com, o clube europeu já sinalizou com um valor que estaria disposto a pagar pelo atacante de 22 anos. A direção tricolor, no entanto, diz não ter recebido qualquer contato ou proposta oficial.

Embora não tenha intenção de vender Pepê, o Grêmio aceitaria receber entre 15 e 20 milhões de euros pelo jogador (cerca de R$ 70 milhões a R$ 93 milhões, respectivamente). Os italianos não chegaram a esses valores, mas estariam dispostos a manter a negociação em andamento.

Em contato com o GloboEsporte.com, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior, disse que não foi procurado por nenhum clube interessado em Pepê. O clube detêm 70% dos direitos econômicos do atacante.