A Fifa decidiu, na quarta-feira (20), desacelerar a sua proposta de transformar o intervalo das edições de Copa do Mundo em dois anos, ao contrário do que é feito desde 1930, com quatro anos entre cada disputa da grande competição de Seleções. O anúncio foi feito em coletiva de imprensa do presidente da Fifa, Gianni Infantino. O executivo anunciou que uma reunião será feita no dia 20 de dezembro deste ano com todas as federações, associações e outras partes interessadas. Anteriormente, o encontro online iria acontecer no dia 30 de setembro. Na reunião de dezembro, serão apresentadas propostas para a mudança geral no calendário do futebol a partir de 2024. A Fifa espera apresentar um estudo de viabilidade para os participantes do encontro.