Fritz Keller, presidente da Federação de Futebol da Alemanha (DFB, sigla em alemão) propôs limites salariais para ajudar a tornar o esporte mais sustentável. Segundo o dirigente, a pandemia do coronavírus apresentou a oportunidade de implementar reformas para o futuro. No sábado, a liga alemã se tornou a primeira da Europa a ser retomada após a suspensão do futebol por causa da pandemia da covid-19. Jogadores, técnicos e funcionários foram submetidos a exames completos. Ele disse que o futebol alemão precisava ser autocrítico, e que a crise por causa da covid-19 “oferece a oportunidade de olhar para o futuro e reposicionar o futebol”.