Concórdia – Um grupo de estudantes do Instituto Federal Catarinense, campus de Concórdia, se reuniu nesta segunda-feira, dia 6, na unidade em Fragosos para protestar contra a medida adotada pelo Ministério da Educação em Brasília em contingenciar 30% do orçamento do educandário. A medida não foi tomada apenas na unidade do IFC de Concórdia, porém em diversas instituições de ensino em todo o País.

O Governo Federal alega dificuldades financeiras.

Em Concórdia, segundo as informações do diretor Nelson Golisnki, a situação pode inviabilizar o ano letivo dos estudantes do Instituto Federal Catarinense (IFC). Foram cortados quase R$ 3 milhões do custeio da instituição de ensino.

Durante o protesto nas últimas horas os estudantes estavam vestindo camisetas pretas e buscando que o Ministério da Educação reveja a medida adotada.

O Ministério da Educação já anunciou através do secretário de Educação Superior, Arnaldo Barbosa de Lima Júnior que o “bloqueio” foi feito de forma “preventiva” e que alguns parâmetros estão sendo analisados para definir quais instituições teriam um redução menor nas verbas para o segundo semestre.

No protesto realizado nessa semana os professores do IFC de Concórdia não participaram do ato.