Dois dias após definir o adiamento das olimpíadas de Tóquio para 2021,  na última terça-feira, o Comitê Olímpico Internacional (COI) trabalha agora com a ideia de, em até um mês, anunciar as novas datas dos Jogos Olímpicos. Uma força-tarefa criada pela entidade  espera que o megaevento ocorra entre julho e agosto de 2021, exatamente um ano depois do período original. A informação é do jornal japonês Yomiuri Shimbun e foi confirmada pelo inglês The Telegraph.

Também presidente do Comitê Olímpico Australiano, Coates disse que as novas datas para as Olimpíadas vão ser marcadas mesmo que ocorram conflitos com o Mundial de Esportes Aquáticos, programado para ocorrer entre o dias 16 de julho e 1 de agosto de 2021, em Fukuoka, também no Japão, e o Mundial de atletismo, que será entre 6 e 15 de agosto do ano que vem, em Eugene, nos Estados Unidos.