Concórdia – O ex-deputado federal, Odacir Zonta, anunciou aos correligionários do PSB em Concórdia, o seu desligamento da sigla após as lideranças em Brasília encaminhar uma composição com o PSOL, PCdoB e Partido dos Trabalhadores. A informação foi confirmada pelo presidente do PSB em Concórdia, Idair Piccinin. De acordo com ele, Zonta encaminhou seu pedido de desligamento e agradeceu o apoio que tem recebido dos “amigos”.

Zonta disse em sua posição de sair da sigla que o PSB nacional tomou algumas medidas fazendo caminho contrário ao defendido por Eduardo Campos, vítima de acidente aéreo, e um dos maiores líderes da sigla no País. Ele não concorda com o posicionamento das lideranças em Brasília de se aproximar de partidos como o PSOL, PCdo B e PT.

Em Concórdia, as lideranças do PSB ainda estão analisando a situação e conversando com alguns correligionários em Florianópolis e Brasília. Conforme Piccinin, as lideranças locais estão ainda buscando mais detalhes sobre os encaminhamentos para depois tomar qualquer posição referente ao assunto.