A FIFA confirmou na quarta-feira que Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, será a sede do Mundial de Clubes de 2021, a ser realizado, provavelmente em meados de janeiro de 2022. O Brasil terá o Palmeiras ou o Flamengo como representante, já que os dois vão decidir o título de campeão da Libertadores da América, dia 27 de novembro em Montevideo. Já estão classificados para o torneio o Chelsea, que venceu a Liga dos Campeões da Uefa, o Auckland City, da Nova Zelândia representando a Oceania, e o Al-Ahly, do Egito e atual campeão africano continental. Estão por serem definidos os representantes da Ásia, da Concacaf e do país-sede. O atual campeão mundial é o Bayern de Munique.