Concórdia – A médica infectologista do Hospital São Francisco, Clarissa Guedes, disse na noite desta terça-feira, dia 5, durante a transmissão de uma LIVE que entre os meses de maio e junho muitas pessoas ainda irão se contaminar com o novo coronavírus. Segundo ela, antes do final de junho é muito improvável que a doença terá o seu controle total.

Nesse período, ela acredita que muitos pacientes ainda precisarão de atendimento e internação para tratar a doença que é considerada pelos profissionais de saúde “traiçoeira”.

Analisando a situação do País, Clarissa acredita que os números irão começar a diminuir somente no final de junho. Pelo menos essa é a primeira previsão que pode ser dada a população nesse momento em que os números estão crescendo .

A médica infectologista lembrou que no dia 7 de abril o Hospital São Francisco internou o primeiro paciente na estrutura montada para atender a Covid-19. Ou seja, os profissionais da unidade de saúde estão há 30 dias já trabalhando nessa área e tratando os pacientes com o novo coronavírus.

Clarissa explica que até o momento foram 64 altas hospitalares para pacientes que se tratam de Covid-19. “Cada paciente que retorna para sua família é uma vitória para nossa equipe do hospital”, lembrou. Ela também disse que alguns pacientes conseguem uma recuperação em no máximo duas semanas, porém outros ficam até mais de 14 dias internados.

Em Concórdia, até o momento foram registradas duas mortes por Covid-19.