Concórdia – Os novos protocolos de saúde anunciados nessa terça-feira, dia 30, pelo Governo do Estado poderão obrigar as Prefeituras a tomar medidas de controle maior no que diz respeitos aos eventos ao ar livre com aglomeração ou até suspender a programação.

Os protocolos são rígidos para o controle de pessoas em eventos com mais de 500 pessoas ao ar livre, sobretudo com a confirmação da nova variante da Covid-19 no Brasil.

Durante as próximas semanas, muitas prefeituras terão apresentações de shows com a participação de milhares de pessoas em função do Natal. As regras do evento seguro terão que ser respeitadas e são obrigatórias mesmo sendo ao ar livre.

O secretário de Saúde de Santa Catarina, André Motta Ribeiro, disse que o Carnaval, por exemplo, não está liberado para ser realizado no Estado.

A proibição vale para festivais, musicais apresentações e outros eventos ao ar livre, que provoquem aglomerações, tenham uma estimativa de público de mais de 500 pessoas e não tenham condições de implantar o protocolo de “Evento Seguro”

A portaria também reforça a obrigação dos requisitos de seguirem o protocolo do Evento Seguro, que prevê a entrada de adultos com 18 anos ou mais, totalmente imunizados contra um Covid ou com teste negativo para a doença. Adolescentes de 12 a 17 anos devem ter, ao menos, a primeira dose ou o teste negativo. 

O uso de máscaras continua obrigatório.