Capinzal – A Polícia Civil foi solicitada nesta quinta-feira (02) para dar suporte a um processo licitatório de tomada de preços na Prefeitura de Capinzal após um dos participantes suspostamente ter trocado os envelopes da proposta.

Na oportunidade estava ocorrendo o processo com a participação das empresas para a execução de projeto para a recuperação ambiental de áreas degradadas e a retirada de benfeitorias, em vários locais do município. O projeto de urbanização tem como valor R$ 348.289,30.

O escrivão e responsável pela Delegacia de Polícia Civil de Ouro, Neury Clovis Petry, após orientação da Delegada Fernanda Gehlen da Silva, e baseado no que foi repassado pela promotoria Pública, recolheu toda a documentação.

A reportagem entrou em contato com a prefeitura, sendo que a diretora que é responsável pelo departamento de licitações preferiu de momento não se manifestar sobre o ocorrido. O secretário de administração também não foi encontrado para falar sobre o assunto.

Conforme a delegada Fernanda “Os documentos estão na Delegacia e serão analisados, assim como as pessoas envolvidas serão ouvidas para apurar a eventual ocorrência de crime previsto na Lei de Licitações”. (Rádio Capinzal)