A conclusão do Departamento de Policia Federal em Brasilia de inocentar o governador Carlos Moisés da Silva no inquérito sobre os respiradores fragiliza o segundo pedido de impeachment que está sendo encaminhado em Santa Catarina.

A Procuradoria Geral da República, pela análise dos especialistas, deverá requerer ao Superior Tribunal de Justiça o encaminhamento do resultado do inquérito a Santa Catarina com as conclusões.

Oficialmente, não houve mais detalhes sobre este inquérito, mas sua conclusão vai neutralizar os efeitos da CPI dos Respiradores.

A Polícia Federal é a maior autoridade policial para avaliar e concluir sobre os envolvidos na fraude dos respiradores. Suas conclusões, inocentando o governador Moises, terão  profundos reflexos políticos em Santa Catarina.

A depender de novos fatos, o processo de impeachment poderá até perder objeto.

Informações Ndmais