Chapecó – A Prefeitura de Chapecó divulgou, na segunda-feira (11), um novo serviço para os pacientes com coronavírus, que não possuem condições de cumprir o isolamento domiciliar devido a situação de vulnerabilidade social. Por meio das Secretarias de Saúde (SESAU) e Assistência Social  (SEASC), a estratégia é que estes pacientes fiquem isolados em um hotel, contratado pelo município. Não foi repassado detalhes de como será realizada a contratação do serviço.

Segundo a prefeitura, após o diagnóstico do paciente com coronavírus (Covid-19), a Equipe de Saúde identificará se o paciente não possui condições de cumprir o isolamento domiciliar. Nessas situações, o nome dele ficará disponível para monitoramento da Atenção Básica.  A SEASC será comunicada sobre a impossibilidade do cumprimento do isolamento. O paciente terá que assinar um termo em que aceita cumprir o isolamento em hotel, onde ficará hospedado. A Equipe de Saúde fará o monitoramento das condições clínicas deste paciente, mediante contato telefônico.

De acordo com cada quadro clínico, pode ser que o paciente também faça avaliações presenciais nos Centros de Saúde da Família dos bairros ou em outro serviço de saúde. Esse monitoramento será feito, por pelo menos 14 dias. Nos casos em que o paciente esteja há 72 horas sem sintomas, a pasta informará a ele sobre a possibilidade de alta. (Informações ClicRDC)