Santa Catarina – Grandes eventos ao ar livre sem controle de público, como as festas de fim de ano, estão proibidos em Santa Catarina. É o que diz nova portaria publicada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) nesta terça-feira (30). A medida pode impactar na programação do Réveillon 2022.

A proibição vale para festivais, apresentações musicais e outros eventos ao ar livre, que provoquem aglomerações, tenham uma estimativa de público de mais de 500 pessoas e não tenham condições de implantar o protocolo de “Evento Seguro”.

Um dos motivos para a medida, segundo a SES, é o alerta da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre a disseminação da variante Ômicron. Dois casos foram confirmados no Brasil, em São Paulo, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta terça-feira.

A portaria também reforça a obrigação dos estabelecimentos de seguirem o protocolo do Evento Seguro, que prevê a entrada de adultos com 18 anos ou mais, totalmente imunizados contra a Covid ou com teste negativo para a doença. Adolescentes de 12 a 17 anos devem ter, ao menos, a primeira dose ou o teste negativo. O uso de máscaras continua obrigatório.

Por fim, o decreto também prorroga a proibição de aglomeração de pessoas em qualquer ambiente, seja público ou privado, interno ou externo, para a realização de atividades de qualquer natureza. (Informações NSC)