Concórdia – A farmácia que fornece os medicamentos do Estado vai mudar o atendimento a partir do dia 1º de abril. O novo modo de atender se dará seguindo orientações para impedir a propagação e contágio pelo coronavírus.

Para evitar a aglomeração de pessoas, os medicamentos serão entregues durante todo o mês de abril do dia 1º ao dia 30, sendo que a solicitação é para que evite ir até a farmácia nos primeiros 15 dias do mês. O atendimento será controlado e limitado a um número de pacientes por dia. Por isso, caso o paciente ainda tenha medicamento para o mês inteiro, não é preciso ir até a farmácia.

A equipe solicita que idosos, pessoas com doenças respiratórias como ASMA e DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica), ou aquelas com sintomas gripais como tosse, dor de garganta, cabeça e/ou febre não compareçam até a farmácia. Neste momento, peçam ajuda a alguém da família ou um amigo próximo para retirar os medicamentos em nome do paciente.

Além disso, as renovações de processos, que são realizadas a cada três meses, serão feitas automaticamente sem a necessidade de apresentar laudo médico e receita, então, não é necessário ir até as unidades de saúde e/ou consultórios. D

e acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, as receitas médicas passaram a ter 12 de validade, seis meses a mais do que era de costume. Essa ampliação de prazo das receitas vale para SUS e Programa Farmácia Popular. Já os medicamentos sujeitos a controle especial, permanecem seguindo os prazos anteriormente estabelecidos.

(ASCOM/Prefeitura de Concórdia)